Ventilador de teto

O verão chegou e, com ele, veio aquela sensação de abafamento! Aliás, independentemente da estação do ano, sempre tem aqueles dias em que a temperatura aumenta de forma considerável! E, para esses dias, temos um grande aliado: o ventilador de teto!

Mais econômico, tanto na compra como na instalação e consumo, se comparado ao aparelho de ar condicionado, o ventilador de teto mostra-se bastante eficiente na missão de tornar o ambiente mais fresco, agradável e mais confortável. Isso sem contar que ele também participa como elemento de iluminação e decoração da casa, escritório ou ambiente comercial. 

Com tantas opções de modelos existentes no mercado, como escolher o melhor ventilador de teto? Quais os critérios devo observar? Um mesmo tipo de ventilador de teto serve para todos os ambientes?

Para responder a essas perguntas, vamos estabelecer alguns pontos que devem ser analisados antes da sua próxima compra. 

Como aproveitar as ofertas de ventilador de teto?

Existe uma grande variedade de modelos, designs, materiais e cores à sua disposição. Com certeza, você irá achar aquele ventilador de teto que melhor se encaixe no seu orçamento e que também atinja suas expectativas.

Vamos dar abaixo algumas dicas que devem ser observadas na hora de bem climatizar o ambiente.

  1. Voltagem

É preciso observar se a voltagem do equipamento está de acordo com a voltagem do local onde o ventilador de teto será instalado.

Existem 03 tipos de voltagem: 127V (conhecida anteriormente como 110V), 220V e bivolt (que funciona para ambas). 

  1. Tamanho do ambiente e vazão de ar

Verifique o tamanho da área que você deseja climatizar, de forma eficiente. Quanto maior for o local, maior deverá ser a circulação do ar e, consequentemente, maior deverá ser a vazão de ar que o ventilador de teto deverá fornecer. 

Para isso, verifique quantos metros quadrados possui esse determinado cômodo. 

A vazão de ar é a quantidade de vento que o ventilador de teto consegue produzir por segundo (medida em m³/s). 

Normalmente, deverá corresponder a, pelo menos, 10% da área do cômodo. 

Ambientes de até 10m² precisam de ventiladores com capacidade de movimentar até 1,7 metros cúbicos de ar por segundo. 

Para os cômodos de até 25m² devem ser priorizados os ventiladores com vazão entre 1,7 m³/s e 3m³/s.

No caso de uma área superior a 25 m², deverá ser utilizado mais de um ventilador de teto. 

Essas informações você encontra descritas na caixa ou manual do produto e também no selo Procel/Inmetro.

Portanto, quanto maior for o local, maior deverá ser a circulação do ar e, consequentemente, maior deverá ser a vazão do ar proporcionada pelo ventilador de teto.

  1. RPM (Rotação por minuto)

É outro índice que informa a força do vento que o ventilador de teto produz. 

Quanto maior for a taxa de rotação, maior será a intensidade do vento. 

São encontrados ventiladores de teto com rotação variando de 250 a 670 RPM

  1. Tamanho 

Antes de adquirir seu ventilador de teto é preciso verificar se as dimensões do aparelho se adaptam perfeitamente ao local onde será colocado. 

É levado em consideração também o diâmetro das pás que devem ficar, pelo menos, a meio metro de distância das paredes, por uma questão de segurança. 

Isso evitará um mau funcionamento do aparelho e até mesmo acidentes. Além disso, um ventilador de teto grande num cômodo pequeno não ficará esteticamente agradável. 

  1. Número de pás

O número de pás do ventilador de teto está relacionado com a capacidade de espalhar o ar fresco por todo o ambiente. Os modelos de ventilador de teto com 2 e 3 pás são os mais comuns.

Para ambientes menores, como quartos e salas pequenas, por exemplo, usa-se normalmente o ventilador de teto com 2 pás, que produz uma ventilação mais direcionada. 

Já para ambientes maiores, opte por um ventilador de teto com 3 pás ou mais,  proporcionando assim uma melhor ventilação de todo o ambiente. 

Vale lembrar que, dependendo, a opção por 02 ventiladores trará um melhor resultado. 

Já os ventiladores de teto com mais de 3 pás são usados em ambientes amplos mais por uma questão de harmonia estética pois, na verdade, eles proporcionam uma ventilação quase equiparável aos ventiladores de 3 pás. 

  1. Consumo de energia

Confira sempre o selo Procel. A escolha pelo produto de categoria A sempre será a melhor opção.

Isso quer dizer que ele garante a qualidade do produto e consome menos energia, o que impactará de modo positivo na sua conta de eletricidade. 

  1. Ruído

Os ventiladores de teto mais antigos, apesar de proporcionarem uma boa ventilação, pecavam por causa do barulho que causavam, principalmente à noite. 

Atualmente, as empresas têm se preocupado bastante com o fator ruído e desenvolvido equipamentos mais silenciosos. Mas, para não errar, faço o teste no local da compra. 

  1. Ventilador de teto com luminária

O ventilador de teto com luminária proporciona a união entre o poder da refrescância do ambiente com a iluminação, em um só aparelho, transmitindo beleza, elegância e funcionalidade. 

Opte sempre por lâmpadas de LED, uma vez que não esquentam e têm alta durabilidade. Apesar de serem um pouco mais caras, o custo-benefício vale a pena!

  1. Ventilador de teto com controle remoto

Praticidade é a palavra. Você pode ligar ou desligar o ventilador de teto do local que estiver, sem a necessidade de se deslocar até o interruptor dele. 

Além disso, pode programar o ventilador de teto, acender ou apagar a luz (no caso de ventilador de teto com luminária) e até mesmo mudar a função dele (ventilador ou exaustor) sem a necessidade de se mover!

Ventilador de teto Ventisol, Aliseu, Arno e Hunter

Encontramos no mercado especializado diversos tipos de modelos, materiais, padrões, cores, como branco, preto e tabaco, e estilos! 

Depois de listarmos todos esses itens a serem considerados, vamos destacar também as marcas consideradas de excelência nesse quesito. Marcas como ventiladores de teto Ventisol, Aliseu, Arno e Hunter que desenvolvem tecnologia de ponta para que seja atingida a satisfação do consumidor. 

E, falando sobre tecnologia, encontramos ventiladores de teto com outras funções adicionais, que trarão conforto e economia, como: 

  1. Função Dimmer: regula a iluminação de acordo com sua preferência.
  2. Função Timer: programa o ventilador para desligar sozinho no prazo pré  determinado.
  3. Função Sleep: programa o ventilador para ajustar a temperatura durante a noite, evitando o desconforto.

Quanto custa o ventilador de teto?

E aí? Pronto para comprar seu ventilador de teto? Ainda não sabe onde comprar o ventilador de teto? Aqui na Tumelero você aproveita as melhores ofertas de ventilador e recebe tudo em casa, com segurança e praticidade. 

Não se esqueça de verificar o Selo de qualidade A do INMETRO.

Dê preferência a marcas de reconhecida qualidade, isso lhe trará mais segurança na hora da compra.

Escolha um bom profissional para fazer a instalação do seu ventilador de teto.

E chega de sentir calor!

Confira a seguir, os melhores preços de ventilador de teto, na Tumelero.

  • Ordene por:

    • Calcule a Metragem1Caixa
      Valor Total

      Quantidade
      Valor Total
      Off

    Desculpe-nos. Não encontramos nenhum resultado para a sua busca.